Mais uma vez a Câmara ficou ao lado do povo

Durante a 5ª sessão ordinária desta terça-feira (5), o plenário da Câmara recebeu dezenas de professores da rede estadual de educação. Eles buscam o apoio dos vereadores para a luta pelos direitos da categoria. Mais uma vez a Câmara ficou ao lado do povo. Votou e aprovou, por unanimidade, moção de apoio e solidariedade aos professores, que estão se manifestando contra ações do Governo do Estado, que suprime, de acordo com a categoria, alguns direitos dos educadores. O protesto pede que seja pago o piso salarial dos professores. Com a moção de apoio da Câmara, os professores pretendem sensibilizar os deputados estaduais e o governador, para que possa declinar da proposta. O Professor Gilmar Aparecido de Almeida (Gilmarzão) fez uso da tribuna evidenciando a luta para que seja pago o piso que de direito adquirido instituído na lei e na constituição, reforçando a importância dos professores e a defasagem da classe caso não seja pago o piso salarial dos Professores. Vereadores foram unanimes em suas falas, apoiando a classe dos professores e manifestando a apoio incondicional da casa ao manifesto do pagamento do piso da classe, onde todos deixaram claro " A importância dos professores e o estudo na formação de cada profissional. Aprovada por todos os parlamentares, a moção foi proposta pelo vereador e segundo secretário Cristiano Dias de Souza. O Presidente da casa deixou evidente o apoio de todo legislativo de Lassance a classe dos professores, ressaltando a importância dos professores na construção da sociedade e na formação de todos os demais profissionais desde o ensino básico até o superior, e reforçou que irá conversar com os Deputados para que apoiem a nobre causa em favor dos professores.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*